POUSADA UACARI #4

QUINTA-FEIRA – OITAVO DIA

O dia amanheceu chuvoso. A Constance, que tinha se resfriado, acordou pior e não saiu.
A chuva já tinha passado quando saí sozinho com Seu Francisco na canoa.

 

 

Avistamos alguns macacos na travessia de um igapó. Papagaios passaram fazendo o escarcéu de sempre. Não basta serem vistosos — precisam avisar que estão passando.

 

Seu Francisco me levou para conhecer o abrigo que a pousada mantém para os turistas que querem passar uma noite na selva. Ele fica montado numa plataforma bem alta, onde se chega por uma longa escada para dificultar o acesso dos animais. Só é utilizado na seca porque agora na cheia ele quase fica no nível da água, o que facilita a aproximação de jacarés e cobras, que podem incomodar os visitantes mesmo com a tela que envolve a cabana.

 

Depois do almoço resolvi tirar umas fotos da fauna e da flora da nossa pousada flutuante (duas pererecas e umas plantinhas…)

 

Fazendo nada enquanto o barco não sai:

 

Lá pelas três e meia da tarde saímos todos de lancha rio acima. Avistamos gaviões, macacos, preguiças e ciganas, entre outros animais.

 

Depois de um bom tempo de navegação paramos junto ao capim flutuante e o piloto da lancha começou a imitar um som produzido pelos jacarés, mas não surtiu efeito. Fez o mesmo em outro ponto e um jacaré respondeu. Infelizmente ficou só nisso — não deu as caras. Brincamos de dar susto na Lorena, mulher valente mas que tem medo de perereca.

 

Para mim a sensação é de estar no Jardim do Éden de tão bonito que é o lugar, só que com poucos animais. A floresta cortada pelo rio é magnífica; parece não ter fim.

 

Noite de lua cheia. Ela foi surgindo grande atrás da floresta e criando aquele rastro prateado nas águas do rio. Que presente para nossa última noite aqui.

a_DSC06949

 

Após o jantar assistimos a uma palestra de um biólogo do Instituto Mamirauá que estuda os macacos da reserva.  Foi bastante interessante e também animador saber que há gente nossa fazendo trabalhos de pesquisa e conservação (embora com parcos recursos), que normalmente associamos a países desenvolvidos.


ÍNDICE  /  PRÓXIMA

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s